Buscar

Licença não remunerada de servidor suspende contagem de tempo para progressão

Atualizado: 22 de dez. de 2021

Segundo a 1ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, ao julgar apelação de um escrivão da Polícia Federal, a licença não remunerada concedida a servidor público suspende, e não interrompe, a contagem do tempo para a progressão na carreira.


Nas palavras do relator desembargador: "é demasiado exigir que o servidor recomece — interrupção —, ao seu retorno, todo o prazo em parte já percorrido para concorrer à promoção".


Leia a notícia completa no Conjur.

11 visualizações
Preencha o formulário para entrarmos em contato
Sua mensagem foi recebida. Entraremos em contato em breve. Obrigado!